13/03/2009

Erros ortográficos


Sou daqueles que dá extremo valor à maneira como se escreve. Nenhuma ideia pode ficar bem expressa se o texto que a pretende traduzir está mal redigido. No fundo, aplico à escrita a velha questão artística da interligação entre a forma e o conteúdo. Os erros de ortografia estão também incluídos nesta mesma relação. Não se pode escrever um post a “malhar” em alguém e depois o texto ter erros ortográficos. Causa uma péssima impressão.
Por isso, eu tento escrever utilizando sempre o corrector ortográfico do próprio Word. Mesmo as resposta aos comentários de outros raramente são publicadas sem utilizar esse sistema. Fico, por esse motivo, extremamente irritado, quando alguém resolve publicar comentários aos meus posts ao correr da inspiração, sem previamente escrever o texto e revê-lo com a ajuda de um corrector ortográfico.
Junta-se a isto um problema que ocorre no meu computador em que o teclado, por razões que desconheço, salta letras ou espaços. Sem corrector ortográfico quase que era impossível ler os meus textos, ou então, o tempo que eu perdia a corrigi-los era muito maior.
Sucede que por vezes há palavras que o corrector não identifica e por isso temos que recorrer a um dicionário para verificar a sua existência. Mas há mais, e mais grave, é caso das palavras que se as escrevermos erradamente elas têm outro significado e por isso o corrector não assinala o erro. A mim já me sucedeu, escrever passo, do verbo passar, com ç transformando assim o passo em paço real.
Agora vieram-me chamar a atenção para outro termo que eu utilizo abundantemente: descriminar, que com e significa descriminalizar, e que com i refere-se a diferenciar, separar.
Por isso peço a todos os meus leitores que me desculpem os erros cometidos e que quando encontrarem, em posts passados, o termo descriminar, com e, já sabem que quero referir-me a discriminar, com i.
Há outro facto, para o qual já me têm chamado a atenção, que é a falta de concordância entre o predicado e o sujeito ou os diversos complementos. O corrector linguístico também resolve isso, mas aqui porta-se bastante pior do que o ortográfico. E por vezes não consigo reparar nestas discordâncias.
Devo este pedido de desculpas aos meus leitores.

5 comentários:

F. Penim Redondo disse...

Em vez de dares atenção ao que escreves andas a embirrar com os hindustões dos outros. ou será indostões ?
Uma dúvida dilacerante.

Operário desempregado disse...

Resolução
MUDAR DE RUMO
+ emprego, salários, direitos
13 de Março de 2009
É preciso identificar as causas e os responsáveis dos bloqueios criados à sociedade, e, através da luta, exigir resposta positiva às propostas e reivindicações dos trabalhadores e da CGTP-IN. As medidas e propostas do Governo são insuficientes e, em alguns casos, inadequadas. A economia tem de estar ao serviço dos trabalhadores e do povo e não subordinada aos interesses dos grupos económicos e financeiros. Queremos uma sociedade onde se privilegie a dimensão humana como factor do progresso, que reparta a riqueza de forma mais justa, que respeite e dignifique quem trabalha, que recentre o papel do Estado e promova serviços públicos de qualidade a favor dos portugueses e do desenvolvimento do País.

Disto aqui não se fala é tabu!?
-Já no comemoração do dia da Mulher, 8 e Março: nem uma palavra nem um dedo se mexeu até parece que esta gente não teve mãe nem companheira! ....Mas não é novidade basta consultar a pagina dos pseud renovadores e é um deserto total:( tão prá-frentex que eles são!Sobre a gloriosa jornada do 13 de Março promovida pela CGPT-in é de bico calado!? que tristeza que grande de vontade de combate. Mas aqui também não é de estranhar na pag. do BÉ um artigo e uma fotozita tão pobrezinha tão pobrezinha...mas talvez se compreenda já que se trata do Mundo do Trabalho. Coisa chata onde as TV Rádios e (cassete/piratas leia-se jornais)dão pouca atenção ao Chico.
Se tiver erros pode apagar o comentário.
eherheheh

Jorge Nascimento Fernandes disse...

Caro Fernando
Eu ao menos peço desculpa aos meus leitores e tento corrigir quando me chamam a atenção para eles. Tu insistes no erro.

Jorge Nascimento Fernandes disse...

Quanto ao operário desempregado
Não quero alimentar polémica. Mas reconheço-lhe toda a razão em relação ao site da Renovação Comunista, até porque anuncia outras realizações à esquerda. Quanto a este blog, a sua função é outra, por isso não há motivo para vir reclamar. Por acaso desta vez, se tiver visto, sem preconceito, as reportagens da televisão, dos jornais, com fotografias na primeira página, é difícil dizer que “dão pouca atenção ao Chico”.

operário desempregado disse...

-Para não alimentar polémicas -
deixo aqui o que o senhor se propôs.

"Quanto a este blog, a sua função é outra,"
Trix-Nitrix

Blog sobre política, actualidade nacional e internacional,..... Estados de alma e crítica de costumes. Tudo o que for oportuno para desmascarar as ideias dominantes.

-Motivo não haverá para reclamar.
-Até porque o blog, é de quem o trabalha...só não está livre da critica.